Siga o Suporte Ninja por email

quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

Programas de armas do Departamento de Defesa dos EUA contem vulnerabilidades 'significativas'

Um relatório anual divulgado pelo testador armas chefe do Pentágono indica que a maioria dos programas de armas do Departamento de Defesa dos EUA contem “vulnerabilidades significativas.”




Muitos dos erros decorrem de software desatualizado e sem correção, disse Michael Gilmore, diretor de teste e avaliação operacional para o Departamento de Defesa, em seu relatório de 366 páginas divulgado em 20 de janeiro.


Devido ao cenário de ciber-crimes e ameaças virtuais em evolução é “provável que os adversários cibernéticos determinados possam conseguir acesso na maioria das redes do (Departamento de Defesa)” e poderia até “comprometer missões importantes do DoD se eles assim quisessem”, disse Gilomore. Em comparação com os programas e relatórios das edições anteriores descobertos nos últimos anos, o relatório deste ano descobriu uma enorme quantidade de novas vulnerabilidades.


O estudo veio a mesa do presidente do ‘State of the Union address’, discutiu a legislação de cibersegurança nos EUA.




Programas de armas do Departamento de Defesa dos EUA contem vulnerabilidades 'significativas' Suporte Ninja